O alemão Thomas Müller pediu desculpas nesta quinta-feira por sua dura entrada no argentino Nicolás Tagliafico, no duelo entre Bayern de Munique e Ajax pela última rodada da Liga dos Campeões.

“Não, claro que não queria fazer isso”, afirmou o atacante de 29 por sua entrada ao estilo Kung Fu, que custou cartão vermelho. Müller viu sua primeira expulsão direta em 462 jogos pelo Bayern.

Müller afirmou que foi ao vestiário do Ajax para se desculpar com o argentino, que depois fez o gol de empate em 3 a 3 nos últimos minutos. O atacante escreveu em sua conta Instagram: “@tagliafico3, sinto muito pelo que aconteceu ontem. Não foi intencionado”.

“Thomas não o viu, mas foi vermelho claro”, reconheceu o técnico do Bayern Niko Kovac.

O atacante vai perder o jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, que vai ser sorteado na segunda-feira (17) em Nyon.