Empresário do atacante confirmou a procura do tricolor; Fortaleza já fez proposta
Como o próprio presidente Guilherme Bellintani disse em entrevista ao Bate-Pronto Podcast, do CORREIO, o principal foco do Bahia nesta janela de transferências é o setor de ataque. Segundo ele, a equipe apresentou uma queda de rendimento na força ofensiva em relação a 2017.

“Fomos menos eficientes no ataque em 2018. Então temos que ter cuidado especial com atletas que tenham características de gol, ou se não tiverem, tenham características de assistências e força no ataque”, disse. Pois bem.

Segundo apurou o CORREIO, um destes atacantes que interessam ao Bahia é Rogério, que foi rebaixado pelo Sport esse ano. O jogador de 27 anos também passou pelo Vitória em 2015, além de Náutico e São Paulo. Igor Albuquerque e Endrigo Thyciano, empresários do atleta, confirmaram a procura.

“Houve o interesse sim, está ainda em conversação. É um clube que agrada pela tamanho, grandeza e organização”, disse Thyciano, que também confirmou uma proposta já formalizada de outro clube nordestino. “O Fortaleza já formalizou proposta direto pra nós”, afirmou.

Rogério tem contrato com o Sport até 2021 é dono de um dos maiores salários do elenco. Com a queda do clube para a Série B e a consequente diminuição no orçamento do clube para 2019, a permanência de Rogério na Ilha do Retiro é improvável. Vale lembrar que o Sport passará por eleição para presidente do clube no próximo dia 18 de dezembro. Somente depois disso é que deve sair qualquer decisão sobre o futuro do jogador.

Fonte:Correio da Bahia