Placar confirma o excelente momento do Furacão na Arena da Baixada, com 13 jogos de invencibilidade

Fatal jogando em casa, o Atlético bateu o Corinthians por 1×0 nesta quarta-feira (21), na Arena da Baixada, e segue vivo na briga pelo G6 do Campeonato Brasileiro. O placar confirmou uma sequência de 13 jogos invencibilidade do Furacão em casa na competição, sendo 12 vitórias consecutivas, e um empate. O gol do triunfo foi marcado pelo zagueiro Léo Pereira aos 7 minutos da segunda etapa. O Rubro-Negro soma agora 53 pontos e segue em sétimo na tabela. Restam apenas duas rodadas, mas para conseguir a última vaga para a Libertadores, o Furacão vai precisar vencer os compromissos que restam e contar com o tropeço do Atlético-MG. O Galo é o sexto, com 56 pontos.

Apesar de não conseguir desempenhar seu jogo característico no primeiro tempo, o Atlético desencantou no segundo e garantiu a vitória.

Como já era de se esperar, um bom número de torcedores do Corinthians compareceu à Arena da Baixada. Seguindo as instruções da Torcida Organizada Os Fanáticos, os corintianos permaneceram no Setor da Coronel Dulcídio Superior. Na área, alguns atleticanos também se faziam presentes, mas diante na aglomeração da torcida adversária, a Polícia formou um cordão de isolamento.

Na primeira etapa, os visitantes começaram dominando a partida, marcando muito o Atlético e impedindo que o Furacão conseguisse ser efetivo na criação das jogadas, como geralmente é. A estratégia do Rubro-Negro foi tentar “na força” chegar ao gol.

Aos 13 minutos, o Corinthians “deitou e rolou” em cima do Furacão, com uma sequência de troca de passes, que terminou entre Danilo Avelar e Pedrinho, mas na finalização, faltou capricho e Santos pegou com tranquilidade.

Aos 23, Renan Lodi cruzou com perfeição. Rony se esticou todo, mas não chegou a tempo para finalizar.

Aos 45, Pablo cobrou falta, Cássio espalmou e Léo pereira chegou atrasado para buscar o rebote.

Na segunda etapa, o Furacão voltou diferente, disposto a fazer a bola movimentar com mais qualidade.

E não demorou para que o Atlético abrisse o placar. Aos 7 minutos, Raphael Veiga cobrou escanteio e Léo Pereira, de cabeça, mandou para o fundo das redes.

O gol fez com que o Furacão se “soltasse” mais. Pressionando o Timão, foram diversas finalizações que poderiam ter resultado no segundo gol.

Aos 18, Nikão bateu no canto e Cássio se esticou para defender.

Aos 20, quem exigiu Cássio foi Renan Lodi, que tentou de longe, de fora da área.

Até o apito final, o Rubro-Negro conseguiu impedir a progressão do adversário e garantiu o importante placar.

O próximo compromisso do Furacão, será o último jogo do time em casa pelo Brasileirão. No domingo, a partir das 17h, o Rubro-Negro recebe o Ceará na Arena da Baixada, pela 37ª rodada.

BRASILEIRÃO
36ª Rodada – 2º Turno
Atlético 1×0 Corinthians

Atlético
Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Lucho González (Matheus Rosseto); Raphael Veiga, Rony (Marcelo Cirino) e Nikão (Marcinho); Pablo.
Técnico: Tiago Nunes

Corinthians
Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Emerson Sheik), Thiaguinho (Araos), Mateus Vital (Clayson), Jadson e Pedrinho; Danilo.
Técnico: Jair Ventura

Local: Arena da Baixada
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Gol: Léo Pereira, aos 7’ do 2ºT (CAP);
Cartões amarelos: Wellington, Matheus Rossetto (CAP); Ralf, Danilo Avelar, Thiaguinho, Fagner (COR);
Público total: 16.332
Renda: R$ 422.925,00

Fonte:TribunaPR